Relembre a contusão mais esquisita de todos os tempos

contusão mais esquisita de todos os tempos

Ano passado, fiz um post com as 40 contusões mais terríveis de todos os tempos. Veja aqui. Entre tantas bizarrices, a lesão de Hasim Rahman roubava a atenção.

Todo mundo já teve o famoso “galo” na cabeça. A Superinteressante define esse machucado desta maneira: “Com a pancada, parte dos vasos sanguíneos que irrigam a região se rompe, deixando vazar plasma, parte líquida do sangue composta principalmente de água. Ocorrem também rupturas nos vasos linfáticos – encarregados de controlar a quantidade de líquido no interior dos tecidos – que liberam a linfa, de composi-ção química semelhante ao plasma”.

Bem, segundo essa definição, vazou BASTANTE plasma na cabeça de Hasim Rahman.

Em 2002, o pugilista enfrentou Evander Holyfield. No oitavo round, o ex-campeão mundial acertou um golpe do lado esquerdo da testa de Rahman. O local ficou inchado de uma maneira bizarra. O árbitro interrompeu a luta e deu a vitória por lesão a Holyfield. Hasim Rahman ainda ficou no ringue durante bastante tempo parecendo um ET.

Claro que essa não foi a única lesão bizarra do Boxe. Veja como ficou o olho de Pawel Wolak na luta contra Delvin Rodriguez.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *